O que tocou hoje?

A dupla se deu muito bem no dueto do álbum Break up

A dupla se deu muito bem no dueto do álbum Break up

Hoje o Bandejão ficou sob os cuidados de Carol Ruas, que trouxe um pouco de samba, um pouco de rock, e quem sabe até um sambarock!

Também teve espaço pra apresentar o novo trabalho da estrela de cinema Scarlett Johansson em parceria com Pete Yorn, um rockeiro folk americano.

Yorn compôs o álbum inspirado no dueto entre Serge Gainsbourg e a estrela de cinema Brigite Bardot, na década de 60. O resultado foi Break Up, um disco leve e agradável que une as vozes de Scarlett e Yorn.

1º Bloco:

U2 – Stuck in a moment you cant

Coldplay – God put a smile upon your face

Vanessa da Mata – Amado

Cássia Eller – Eu sou neguinha (ao vivo)

Orquestra Imperial – Ereção

Marisa Monte – O bonde do dom

2º Bloco:

Radiohead  – Jigsaw falling into places

Regina Spektor – Aprés moi

Lily Allen – fuck you

Florence and the machine – Kiss with a fist

Scarlett Johansson e Pete Yorn – I don’t know what to do

3º Bloco:

Copacabana Club – Just do it

Franz Ferdinand – No you girls

Vivendo do Ócio – Fora Mônica

Garotas Suecas – Difícil de domar

Cachorro Grande – Lunático

Raul Seixas – Eu sou egoísta

Iron Butterfly – Are you happy

4º Bloco: *Indigesto*

Rammstein – Engel

System of a down – Fuck the system

Pantera – I’mBroken

Draconian – Serenade of sorrow

Sepultura – bullets blue sky

Motorhead – Hell raiser

Metallica – For whom the bell tolls

Anúncios

Receita da Semana: Bob Dylan!

Ah- rá!

Aposto que depois do programa de sexta, quando o grande mestre Bob Dylan deu as caras no Bandejão Receita, rolou aquela curiosidade sobre a vida e música do cara!

A playlist by Dylan:

idolo folk

ídolo folk

I want you

Mr. Tambourine man

Blowing in the wind

A hard rain’s gonna fall

Watching the river flow

Maggie’s farm

Forever young

Hurricane

Gotta serve somebody

Knocking on heaven’s door

Tomstone blues

Like a rolling stone

Robert Allen Zimmerman, mas conhecido como Bob Dylan, nasceu no estado do Minesota, nos EUA, e tornou-se um do maiores cantores e compositores da história. Começou a se interessar pela música desde cedo,

Yes, we can!

Yes, we can!

apesar de ter começado na adolescência pelo rock’n roll, foi com a música folk que despontou e se tornou ícone de uma geração de cantores de protesto. Explorou a música folk a fundo, mas rótulos nunca foram bem -vindos. No auge de sua fama como cantor de protesto, Dylan mudou seu estilo para o rock’n roll. Ele foi criticado, vaiado, mas não tava nem aí. Continuou fazendo sucesso da mesma forma, misturando rock, blues e folk em um estilo único.

Com mais de 45 discos lançados, Dylan é dos cantores de carreira mais controversa. Do folk ao rock, passando pelo gospel, o artista foi reverenciado por lendas do rock, como os Beatles e os Rolling Stones.

No direction home

No direction home

Suas músicas já foram regravadas pelos artistas mais variados, como Norah Jones e Kurt Cobain, e sua história rendeu em 2006 um documentário dirigido por Martin Scorsese, “No direction home”. Mais recentemente, foi a vez do diretor Todd Haynes levar Dylan ao cinema, estreando a cinebiografia “I’m not there”, que chegou ao Brasil em fins de 2008.

Um pouco mais sobre o cantor, bem aqui, ou no site oficial dele.

E para baixar as músicas, a dica é o blog Magrelus.

  • Agenda

    • outubro 2017
      S T Q Q S S D
      « maio    
       1
      2345678
      9101112131415
      16171819202122
      23242526272829
      3031  
  • Pesquisar